Cabeçalho

ATRIZ MARIA ISABEL DE LIZANDRA, DE ‘VALE TUDO’, MORRE AOS 72 ANOS

Cabeçalho matéria
Cabeçalho matéria
Cabeçalho matéria
Cabeçalho matéria
Cabeçalho matéria

Ela havia sido internada com pneumonia


Veterana da televisão, a atriz Maria Isabel de Lizandra morreu nesta quinta (14), no Hospital das Clínicas, em São Paulo. Ela tinha 72 anos e foi internada com pneumonia. A morte foi confirmada por uma parente.

Embora estivesse afastada da TV há mais de 20 anos, a paulistana foi uma das primeiras intérpretes de telenovelas do país, tendo feito sua estreia na TV Tupi, na primeira metade dos anos 1960, com “Se o Mar Contasse”.

Também participou de folhetins na Globo, na Manchete, na Cultura, na Record, na Bandeirantes e na extinta Excelsior. Nessa última, esteve em “As Minas de Prata”, “O Tempo e o Vento”, “O Terceiro Pecado” e “A Muralha”.

De volta à Tupi, nos anos 1970, fez par romântico com Antonio Fagundes em “O Machão” e ainda atuou na primeira versão de “Mulheres de Areia”.

No cinema participou de “Vereda da Salvação” (1965), primeiro filme que o diretor Anselmo Duarte rodou após levar a Palma de Ouro, em Cannes, por “O Pagador de Promessas”.

Um de seus papéis mais conhecidos é o de Marisa, amiga da íntegra Raquel (Regina Duarte) em “Vale Tudo”, exibida pela Globo no final dos anos 1980. No mesmo canal, também esteve no elenco de “Moinhos de Vento” e “Tenda dos Milagres”.

E foi na emissora carioca que ela fez seu último papel, na minissérie “Labirinto”, de 1998.

Maria Isabel de Lizandra deixa duas filhas.

Fonte: 013 – Noticias ao Minuto

Comente com o Facebook!
BMC
BMC
BMC

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *