Cabeçalho

Azulão perde o primeiro jogo e aposta na recuperação no Luizinho Turatti

Cabeçalho matéria
Cabeçalho matéria
Cabeçalho matéria
Cabeçalho matéria
Cabeçalho matéria

O jogo da volta acontece neste sábado no Luizinho Turatti.
Jogando nesta quarta feira no Aluízio Ferreira em Porto Velho em partida válida pelas finais do estadual Sub 20, a equipe do Espigão perdeu a sua invencibilidade dentro do campeonato ao ser derrotado pelo Rondoniense Social Clube pelo placar de 1 X 0. A partida contra o Rondoniense começou com 26 minutos de atrasos devido a falta de policiamento.

IMG_7165Com a chegada da viatura o árbitro Arnoldo Figarella autorizou o inicio da partida. Como era de se esperar o time da casa foi para o ataque sufocando a garotada do Azulão em busca de abrir o placar nos primeiros 15 minutos. A tática do sufoco deu resultado. Após cobrança de falta cometida pelo lateral Diogo, o goleiro Alison do Espigão cedeu o rebote que ficou no domínio do adversário na entrada da área. Após o novo cruzamento o camisa 9 bateu no canto abrindo o placar para os donos da casa. Após a marcação do gol o time da capital diminuiu o ritmo e o Azulão começou a entrar no jogo. Trabalhando a bola com mais tranquilidade o Espigão passou a criar várias oportunidades contra o gol adversário. Inferior na estatura, a garotada do Azulão passou a apostar na habilidade para envolver a equipe do Rondoniense. A grande chance para o empate surgiu aos 42 minutos quando em uma boa jogada pela direita a bola sobrou dentro da área para o artilheiro da competição que bateu rasteiro no canto esquerdo do goleiro.

IMG_7179-620x330Após o cruzamento para a área o camisa 9 do Rondoniense bateu sem defesa para o goleiro do Espigão.
A torcida o Espigão se levantou para comemorar o empate, mas a bola caprichosamente bateu na trave percorreu toda linha do gol e tocou na outra trave, voltando para as mãos do goleiro Antonio. O lance incrível deixou a torcida em pé olhando sem acreditar no que aconteceu. No campo a garotada ganhou novo animo e terminou o primeiro tempo praticamente dentro do campo do Rondoniense na busca do empate. Na etapa complementar o Azulão continuou melhor em campo na busca pela igualdade no placar. Porem a superioridade do porte físico dos atletas do Rondoniense começou a prevalecer com muitas divididas fortes que tiraram de campo dois jogadores do Espigão contundidos. O treinador Devair Réga e o preparador físico Nenê o tempo todo passando instruções e animando a garotada dentro de campo para manter o ritmo do jogo que ficou bastante disputado no meio de campo. O artilheiro da competição o atacante Jhenson bem que tentou, mas teve que enfrentar uma marcação dupla durante toda a partida. Isolado na frente teve poucas oportunidades de finalização.

IMG_7155Mesmo em pequeno numero a torcida do Espigão incentivou o time dentro de campo
O destaque ficou por conta do goleiro do Espigão que novamente fez várias defesas durante o jogo. Em uma delas jogou para escanteio uma finalização de dentro da área do camisa 8 do Rondoniense. A defesa do goleiro do Espigão foi parabenizada pelo arbitro Figarella pelo seu grau de dificuldade. Ao final da partida o a garotada do Espigão saiu aplaudido pela pequena torcida do Espigão que foi ao estádio torcer pelo Azulão. Ao falar do jogo o atacante Jhenson citou as dificuldades enfrentadas durante a partida na qual ele passou em branco. “Agora é a gente voltara treinar e se concentrar para o jogo da volta no Luizinho Turatti aonde tenho certeza que vou deixar a minha marca e levar o Azulão a comemorar mais um titulo do Sub 20”. Afirmou o atacante.
Fonte/Fotos: Luizinho Carvalho

Comente com o Facebook!
BMC
BMC
BMC

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *