Cabeçalho

DER/Cacoal trabalha na recuperação de pontos críticos na estrada do Pacarana

Cabeçalho matéria
Cabeçalho matéria
Cabeçalho matéria
Cabeçalho matéria
Cabeçalho matéria

O trabalho da equipe é emergencial com foco na eliminação de atoleiros.

Desde a última semana o engenheiro Thales Carvalho coordena as equipes do DER/Cacoal na execução de trabalhos emergenciais na estrada do Pacarana.

A operação de emergência tem

como objetivo eliminar os pontos críticos que a todo momento ameaçam a interdição da estrada.

O foco principal consiste no combate aos atoleiros mapeados preliminarmente pela equipes de trabalho do DER.

Com o apoio de equipamentos pesados estão sendo feita a limpeza dos pontos críticos com a retirada do barro e posteriormente a colocação de pedra, cascalho e finalizando o trabalho no local com a terraplanagem.

O grande adversário do mutirão continua sendo as intemperes que não dá trégua as equipes de trabalho.

”Muitas vezes o trabalho feito durante o dia é danificado com a chuva que cai a noite, comprometendo todo o trabalho realizado”, afirmou o engenheiro Thales Carvalho responsável pela residência do DER/Cacoal.

Segundo o engenheiro Thales os trabalhos ainda estão tímidos devido a falta de infraestrutura, mas quando for normalizado a situação o DER/Cacoal vai atuar forte nas estradas de sua jurisdição.

A orientação do diretor geral do DER/RO, coronel Erasmo de Sá é no sentido de que seja mantido os trabalhos emergenciais assegurando a trafegabilidade das estradas e posteriormente seja executado um trabalho mais complexo no período da estiagem.

Na sexta feira 08 o deputado Anderson Pereira (PROS) se reuniu com o Diretor Geral do DER/RO, Erasmo Meireles de Sá onde elencou várias situações, e a estrada do Pacarana foi uma das proposituras do parlamentar.

O deputado foi tranquilizado com a informação de que a RO 387 (estrada do Pacarana) já estava sendo atendida. “Hoje já iniciou os trabalhos de combate aos pontos críticos com a eliminação de atoleiros nessa rodovia”, informou o diretor Erasmo de Sá.

Autor: Luizinho Carvalho/Cientista Social

Fotos: Thales Carvalho/DER/RO

Comente com o Facebook!
BMC
BMC
BMC

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *