Cabeçalho

Sem manutenção a estrada do Pacarana poderá ser interditada a qualquer momento

Cabeçalho matéria
Cabeçalho matéria
Cabeçalho matéria
Cabeçalho matéria
Cabeçalho matéria

Rodovia estadual não recebe melhorias e nem manutenção desde final de 2018.

Com a troca de governo a população do distrito do Pacarana e demais comunidades interioranas estão pagando um alto preço pela demora na retomada de ações por parte da nova

gestão que assumiu o Palácio Getúlio Vargas no dia 1º de janeiro.

Sem autonomia para uma equipe do DER fazer as manutenções necessárias nesse período de monções, a RO 387 mais conhecida como estrada do Pacarana está cada dia mais próxima de ser interditada para o trafego de veículos devido aos atoleiros, bueiros e pontes danificados.

Moradores se multiplicam nas redes sociais pedindo ajuda para tentar amenizar a situação. As autoridades locais (prefeito e vereadores) também estão cobrando junto ao governo uma resposta para essa problemática que piora a cada chuva.

Os pedidos de ajuda são seguidos da resposta de que não tem combustível para as maquinas saírem do pátio do DER e nem a previsão de quando isso vai acontecer.

Muito pouco para quem convive com a expectativa de ficar isolado no interior do município.

A falta de ações e também de informações por parte do novo governo não traz boas expectativas para os moradores do interior que dependem dessas estradas.

Rodovias que não oferecem as mínimas condições de trafego para qualquer tipo de veículo.

A população sofrida e desassistida busca de alguma forma uma alternativa, nas redes sociais e grupos de Whats zapp denunciam a situação com vídeos e depoimentos na esperança de chegar até aos gestores e verem uma solução para a estrada.

 

Autor: Luizinho Carvalho/Cientista Social

Comente com o Facebook!
BMC
BMC
BMC

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *